A Nova Busca do Facebook (Graph Search) e Como Ela Pode Afetar Seu Negócio e Até Sua Vida Pessoal
graph-searh

A Nova Busca do Facebook (Graph Search) e Como Ela Pode Afetar Seu Negócio e Até Sua Vida Pessoal

A nova busca do Facebook pode trazer aborrecimentos, mas também novas oportunidades para seu negócio! Serão as conexões sociais uma nova forma de link building?

Dia 15 de janeiro de 2013, o Facebook anunciou uma nova busca chamada Graph Search. O Facebook oferecerá nos resultados desta busca dados pessoais de seus membros. A nova busca diferencia-se da busca atual por oferecer resultados gerados por pessoas, com conteúdo que foi compartilhado no Facebook, incluindo conteúdo público. Os resultados são baseados na força das conexões e são diferentes para cada usuário. No momento 4 áreas estão em foco:

- Pessoas
- Fotos
- Lugares
- Interesses

Quanto ao uso da ferramenta, há um bom post do Tecmundo resumindo tudo, ou veja a página do Facebook (em inglês) sobre a nova busca. Não pretendemos entrar na discussão se a nova busca pretende evitar que os usuários saiam do Facebook para efetivar buscas no Google ou apenas aprimorar seus próprios resultados, nem no mérito da privacidade. Nosso artigo pretende mostrar como essa nova busca pode afetar seu negócio online e, apesar de a busca ainda não estar disponível no Brasil (ela está disponível em teste para alguns usuários dos Estados Unidos), em breve estará, e é importante estar preparado para fazer o melhor uso possível dessa nova opção.

Nos exemplos de buscas abaixo, buscamos restaurantes. Os lugares que nossos amigos curtiram ou fizeram check-in aparecem nas primeiras posições no Graph Search. Note, também, que negócios que focaram seu marketing nas mídias sociais também foram privilegiados.

facebook_graph_search

Os resultados do Graph Search são totalmente baseados em suas configurações de privacidade e nas dos outros usuários. Isso pode representar um grande problema para qualquer pessoa que tenha curtido páginas sem pensar muito a respeito. Uma pesquisa do site Actual Facebook Graph Searches mostrou resultados alarmantes em certos casos. Algo como pessoas casadas que curtiram prostitutas(os), funcionários de uma empresa que curtiram os concorrentes e outros resultados bastante bizarros. Infelizmente, podem-se prever situações complicadas para quem não foi criterioso em suas escolhas do que curtir.

Como negócio ou empresa, uma das primeiras coisas que se deve fazer é, assim que a busca estiver disponível por aqui, buscar tudo que for importante para seu negócio e situações específicas de pessoas ligadas a ele. É indiscutível que a nova busca tira um pouco da espontaneidade do Facebook, mas, essa é a nova realidade e temos que estar preparados.

Pode ser interessante você já disparar um aviso aos seus funcionários para que eles revisem tudo que já curtiram no Facebook. Uma segunda opção, além de rever suas atividades, seria revisar sua configuração de privacidade, antes que a Graph Search esteja disponível. Para tanto, siga o tutorial abaixo.

Clique em atalhos de privacidade, logo após Página Inicial. No menu que aparecer selecione “Quem pode ver minhas coisas” em seguida em “Onde posso analisar todas as minhas publicações e itens nos quais eu sou marcado? Usar o registro de atividades”. Nessa área, você pode ver tudo que curtiu, em que fotos você foi marcado e sua configuração de privacidade.

facebook_settings

E o que a nova busca significa para seu negócio? Primeiramente, que você deve colocar seu perfil em ordem, melhor agora do que quando estiver disponível. A fase de testes pode acabar a qualquer momento e todos os usuários, inclusive quem acessa o Facebook por dispositivos móveis, utilizarão a nova busca. Aja agora, pois a multidão obcecada pelo Facebook estará ansiosa para buscar lugares para comer ou comprar e falar para seus amigos sobre isso.

Com o Graph Search e o recente Nearby (Locais próximos), ferramenta que permite buscar negócios locais e fazer check-ins a partir de geolocalização, o Facebook definitivamente entrou na briga das buscas locais, disputando com Google e Foursquare, esse nicho. Eu arrisco dizer que, com o acesso a internet via dispositivos móveis ultrapassando o acesso via PCs e notebooks, as buscas locais vão se tornar um dos mais importantes negócios do futuro próximo. Estamos preparando um artigo sobre o assunto. Cadastre-se para ser informado de sua publicação. De tudo isso extrai-se uma conclusão inevitável.

Conexões sociais serão, em 2013, os novos links.

A nova busca do Facebook demanda alterações em suas estratégias no Facebook e nas outras redes sociais. No passado, branding e publicações eram vitais para se ter relevância, mas com o Graph Search a importância dessas ações diminui dramaticamente. O ranking passa a considerar suas conexões sociais. Prova disso é que as fotos agora são uma categoria destacada. Isso significa que encorajar seus seguidores, fãs, clientes, etc a recomendar, fazer check-ins, votar, adicionar fotos ou comentar ganhou ainda mais importância e deve fazer parte do seu planejamento de marketing digital. Estará criada uma nova forma de link building? Se antes tínhamos que conquistar links para termos relevância nas buscas, agora temos que buscar conexões sociais para termos autoridade nas redes sociais!

Por quê? Porque as conexões sociais serão os “links” que o Facebook usará para determinar sua relevância e autoridade. Será a partir dessas conexões que o algoritmo do Graph Search irá qualificar e personalizar os resultados para os usuários do Facebook. Até mesmo para as buscas, essas conexões já vinham crescendo em importância.

Você deverá aprender a utilizar essas informações a seu favor, a partir de estudos aprofundados da demografia de seus clientes. Dependendo da configuração da privacidade deles, você poderá ver que tipo de música gostam, onde vão, onde moram, entre outras coisas. É tudo muito novo, mas certamente novas oportunidades surgiram ao longo do caminho.

Façamos, então um rápido checklist das providências:

- Faça um brainstorm com sua equipe para criar formas de encorajar fãs, clientes e seguidores a fazer check-ins usando o Nearby (Locais próximos), curtir sua página, suas fotos, basicamente socializar com sua marca.

- Inclua fotos dinâmicas e relevantes em sua página, que sejam úteis aos seus fãs e potenciais consumidores.

- Encontre formas criativas de encorajar as pessoas a adicionarem fotos à sua página também. Pense em concursos ou outras formas de pessoas compartilharem imagens relevantes ao seu negócio.

- Reveja todas as páginas que você curtiu no perfil da empresa e também no seu pessoal. Altere o que for devido.

- Peça a todos seus empregados ou auxiliares que façam o mesmo, a fim de evitar associações inapropriadas.

- Cheque se sua configuração de privacidade está como você deseja.

- Confirme se seu perfil de negócios está com as informações sobre sua localização e contatos o mais atualizadas possível.

- No caso de empresas maiores, confirme com seu setor de Recursos Humanos se o uso das mídias sociais está explicitamente regulado na descrição das regras de conduta profissional, com sanções para comportamentos indevidos, desrespeito à diversidade em geral e outros assuntos que possam trazer má reputação ou danos à sua marca, tornados públicos pelos resultados de buscas do Graph Search.

- Estude como o aumento das buscas locais, principalmente devido ao aumento do uso de internet via dispositivos móveis, pode afetar seu negócio e aproveite o potencial dessa possibilidade.

Na internet, e parece que ainda mais nas mídias sociais, temos que estar prontos para mudanças bruscas. Você tem que sempre se antecipar e analisar como cada nova possibilidade ou alteração pode afetar positiva ou negativamente seu negócio e agir rápido. Não espere o problema chegar e, principalmente, descubra possibilidades de usar as mudanças como oportunidades para crescer ainda mais seu negócio.

Via marketingdigital.com.br | Alex Moraes

Se você deseja uma campanha de MÍDIAS SOCIAIS para sua empresa, clique aqui.

Leia Também:

Deixe Seu Comentário: