SEO Básico: Os primeiros passos para otimizar seu site para ferramentas de busca
SEO

SEO Básico: Os primeiros passos para otimizar seu site para ferramentas de busca

vamos entender como a otimização é feita. Se imagine entrando em uma livraria para comprar um livro de Marketing Digital. É provável que primeiramente você vá atrás daqueles livros que seus amigos já te indicaram sobre o assunto. Depois, talvez você procure por aqueles que tenham no título ou subtítulo alguma palavra relacionada ao tema. O próximo passo seria olhar o resumo ou introdução, se disponível. Por fim, uma folheada no conteúdo para conferir se é isso mesmo.

O Google tem algumas semelhanças a esse processo. Você deve ser recomendado por amigos (links), mas utilizando a parte técnica do seu site (que seria equivalente a capa, resumo e conteúdo do livro), é possível deixar mais claro para o Google qual é o assunto do seu site e assim ser encontrado por quem está à procura desse assunto. É bom lembrar, no entanto, que o conteúdo deve ser feito principalmente para pessoas lerem, e não para os robôs da busca. Use, portanto, textos simples e compreensíveis e não um amontoado de palavras-chave. Assim há maior chance de você ser clicado e recomendado.

Vamos então a alguns aspectos principais da otimização na página:

URL (endereço da página): O Google procura pelas palavras-chave também no endereço da página, por isso recomenda-se que ela seja descritiva, como a desse post, ao invés de códigos como no modelo site.com.br/ct136781xg19g376.

Além disso, muitos dos links que você receber vão usar o próprio endereço da página como texto âncora, que como veremos mais abaixo, também importa.

Page Title: É aquela frase que aparece em cima do navegador ou nos resultados do Google.

O PageTitle é um elemento muito importante da página e muitas vezes seu espaço é ocupado por slogans ou frases que não usam as palavras-chave para o negócio. Como resultado, o Google pode não identificar a relação do seu site com essas palavras-chave.

A ordem das palavras importa: as primeiras tem maior relevância que as últimas. A quantidade de palavras também tem valor: quanto menos palavras, maior a importância das mesmas. Recomenda-se um tamanho máximo de 70 caracteres: essa é a quantia que aparece no Google ao exibir os resultados de uma busca.

Headings: No código de uma página é possível determinar “cabeçalhos” que priorizam a importância de partes de uma página. Eles variam do 1 ao 6, sendo o 1 o conteúdo mais importante. Os headings são indicados pelo código “< h1 > parte do site escolhida como cabeçalho < h1 />”.

Se você não domina muito de programação, pode verificar os headings atuais do seu site clicando com o botão direito na página e então em “Exibir código fonte”. Para localizar os headings, aperte Ctrl+F e escreva o heading procurado (h1, h2, h3,…).

Recomenda-se o uso de um único H1 por página e se necessário, múltiplos H2 e H3.

Procure identificar se os headings da sua página falam sobre a sua palavra-chave e decida se é necessário alterá-los ou não.

Escreva textos-âncora melhores: Textos-âncora são aqueles que funcionam como o título de um link. Links internos não são considerados pelo Google para aumentar sua autoridade, mas podem funcionar como indicador do conteúdo: se usamos por exemplo o link Blog de Marketing Digital para o nosso blog, estamos dando um sinal que nosso blog está relacionado a essa busca.

Esses são alguns dos primeiros passos.

Via resultadosdigitais

Leia Também:

Deixe Seu Comentário: